Escolha uma Página

Mudanças drásticas no clima, devido ao impacto dos poluentes e de métodos que destroem a natureza. O mercado imobiliário, conhecido como um dos setores que mais poluem o ambiente com suas construções, vem se reinventando e colocando a sustentabilidade em primeiro lugar para não oferecer um impacto negativo ao ecossistema. Investir em alternativas ecologicamente corretas se tornou realidade no setor.

Construções desenfreadas e que causavam danos ao meio ambiente, com gastos e desperdícios, não são mais toleráveis e a meta principal, atualmente, nos projetos do setor é encontrar alternativas sustentáveis, ou seja, a sustentabilidade passou a reger de alguma forma, os planos, projetos e construções da empresa.

Quando falamos em sustentabilidade, temos que levar em conta empresas que conseguem se reinventar economicamente, garantindo a gerações futuras, a manutenção dos recursos naturais, sem gerar impactos negativos a natureza.

Na BKO adotamos uma luta por um futuro sustentável, que só pode ser alcançado com os esforços individuais de cada um, sejam colaboradores, fornecedores, parceiros de negócios e a própria comunidade em geral.

Acreditamos que toda a sociedade precisa estar engajada nesse processo, por isso prezamos pela participação ativa e efetiva da sustentabilidade em nosso dia a dia, seja no fornecimento de materiais de trabalho aos nossos colaboradores até o planejamento de nossos imóveis e construção dos mesmos. Utilizamos em nossos empreendimentos materiais ecologicamente corretos, além de sistemas que controlam o uso de água e energia, evitando desperdícios e também reduzindo o impacto de gases que afetem o meio ambiente.

Em 2012 a BKO assinou o Pacto Global da ONU e aderiu os seus princípios, sendo que um deles é o de proteção ao meio ambiente. Nesse ponto se destaca a abordagem preventiva aos desafios ambientais, promoção da responsabilidade ambiental e incentivo ao desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis.

As obras da BKO também entram no programa 5D e são avaliadas mensalmente nos seguintes quesitos: qualidade, sustentabilidade, segurança do trabalho, documentação trabalhista e documentação fiscal. Em relação a sustentabilidade, a BKO se preocupa em utilizar madeira de reflorestamento até a aplicação da coleta seletiva, além de reuso e também reciclagem dos resíduos.

O mundo passar por um período crítico de emissão de gases, só no Brasil houve um aumento de 8,9% nas emissões de gases de efeito estufa no ano de 2016 comparado a 2015. Porém, a visão do brasileiro, em relação a empresas que emitem gases maléficos para a natureza, vem mudando ano a ano. Uma pesquisa recente mostrou que 50% da população do país prefere marcas que estejam ligadas a sustentabilidade.

Essa tendência é um novo retrato de um público que está obviamente preocupado com os impactos do presente e na forma que eles podem influenciar negativamente no futuro. E essa visão se estende para o mercado imobiliário, cada dia mais o cliente exigirá das empresas que lhe apresentam um futuro imóvel, certificações de que ela respeita os princípios de proteção do meio ambiente. E você já perguntou qual sua posição nesse cenário de sustentabilidade? Já se imaginou fazendo a diferença, consumindo coisas que não agridam o meio ambiente? É hora de parar, pensar e fazer a diferença no planeta.

Receba informações
pelo Whatsapp

Contato enviado com sucesso.

Informações por e-mail








Contato enviado com sucesso.